350-018 - C4040-250 - 810-403 - 810-401 - 810-403 - 810-401 - 70-486 - 200-310 - 300-101 - 300-101 - 400-201 - 70-347 - ADM-201 - 300-208 - ADM-201 - 300-208 - EX200 - 400-051 - 70-461 - 400-051 - 70-461 - MB2-707 - 300-070 - 200-120 - 200-120 - 300-320 - 300-115 - 400-101 - 70-346 - 70-346 - 70-480 - 300-075 - 210-060 - SY0-401 - 210-060 - SY0-401 - M70-201 - HP0-S41 - 100-101 - HP0-S41 - 100-101 - MB2-702 - 101 - 70-488 - 101 - 70-488 - MB2-701 - CISSP - 640-554 - 640-554 - AWS-SysOps - N10-006 - CCD-410 - 210-260 - CCD-410 - 210-260 - MB5-705 - 70-483 - 70-486 - 200-310 - 300-101 - 400-201 - 400-201 - 70-347 - ADM-201 - 300-208 - EX200 - EX200 - 400-051 - 70-461 - MB2-707 - 300-070 - 300-070 - 200-120 - 300-320 - 300-115 - 400-101 - 70-346 - 70-480 - 300-075 - 210-060 - SY0-401 - M70-201 - SY0-401 - M70-201 - HP0-S41 - 100-101 - MB2-702 - MB2-702 - 101 - 70-488 - MB2-701 - CISSP - HP0-S41 - 100-101 - MB2-702 - 101 - 70-488 - 640-554 - AWS-SysOps - N10-006 - CCD-410 - 210-260 - MB5-705 - 70-483 - MB2-701 CISSP 640-554 AWS-SysOps N10-006 CCD-410 210-260 MB5-705 70-483
Japão - Olimpíada 2020 Do país tropical à terra do sol nascente - Revista do Turismo Japão - Olimpíada 2020 Do país tropical à terra do sol nascente - Revista do Turismo

Japão – Olimpíada 2020 Do país tropical à terra do sol nascente

Japão Turismo
Post por: 20/07/2017 0 comentários 242 views
Compartilhe com amigos.

Com a escolha de Tokyo como sede da próxima Olimpíada e Paraolimpíada 2020, melhor destino internacional não há para começar a fazer as contas e planejar a sonhada viagem ao Oriente. Vá preparando o bolso e o coração para embarcar numa incrível viagem ao brilhante Japão – a terra do sol nascente –, onde, pela primeira vez numa Olimpíada, serão realizadas competições de beisebol/softbol, karatê, escalada, skate e surfe.

Santuario Shimogamo
Kyoto

Antes de tudo, chegando à capital japonesa, a recomendação é nada de distração e de deixar um papelzinho cair no chão. Lembre-se: Tokyo é considerada a cidade mais limpa e organizada do planeta.

Aliás, superlativos não são incomuns quando se trata do Japão. A maior concentração de restaurantes variados e de qualidade do mundo se encontra em Tokyo. O Tsukiji Fish Market é o maior mercado de peixes do mundo. No bairro de Shinjuku, funciona a maior estação de trem do mundo e, em Shibuya, ainda na capital do Japão, está o maior cruzamento de pedestres do globo. Um país tão pequeno e tão gigante!

Embora o tamanho de suas terras – ainda mais se comparado à extensão do Brasil –, há muito o quê se ver neste surpreendente país oriental. A Tokyo Disneyland faz sucesso, mas imperdíveis mesmo são os “passeios nipônicos”, que nos transportam para um universo de belezas e encantamentos. Ir ao Japão e não pegar o trem-bala para ver de perto os belos Monte Fuji e Alpes Japoneses é impensável. No roteiro perfeito, devem constar as visitas ao Senso-Ji, o mais antigo templo budista de Tóquio, e ao Meiji-jingu, um dos maiores santuários xintoístas do Japão. Também, ao Parque Ueno, onde estão museus, zoológico municipal e a universidade de Tóquio.

No parque Shinjuku-Gyoen, florescem belíssimas cerejeiras, flores típicas e simbólicas do Japão, para as quais os japoneses organizam, entre março e maio, o Hanami Matsuri – Festival das Cerejeiras. Outros importantes festivais ocorrem, a partir de junho, durante o forte verão japonês: Gion Matsuri (Kyoto), Grande Festival de Fogos de Nagaoka (Niigata), Hakata Gion Yamakasa (Fukuoka), Kanto Matsuri (Akita), Nebuta (Aomori) e Yosakoi Soran Matsuri (Hokkaido).

Hokkaido
Hokkaido

Depois de ver o Palácio Imperial, vale a pena visitar ao bairro de Ginza para conhecer a “5ª Avenida” japonesa. Lojas de departamento estão por todo lado e pode- se comprar de tudo, desde mimos e criativos materiais de papelaria até avançados produtos tecnológicos. Mas, antes de carregar as sacolas, não deixe de dar uma volta em Harajuku e se sentir dentro do “país dos mangás”.

Além de Tokyo, as cidades de Osaka, Kyoto e Nara – Primeira capital do país – devem ser programadas para um mergulho no Japão histórico. Em Kyoto, está o Pavilhão Dourado (Kinkaku-ji), templo coberto de ouro no meio de um lago. A cidade de Nikko possui edificações tombadas pela UNESCO. Diante de tantas espantosas criações, resta, ainda, a reflexão diante do Memorial da Paz e da Cúpula da Bomba Atômica, em Hiroshima, um das poucas construções que resistiram aos ataques na 2ª guerra.

Há muito mais: as praias paradisíacas de Okinawa, o Caminho Infinito de Toriis, o banho coletivo nas quentíssimas águas de um onsen (piscinas térmicas naturais ou em spa), o teatro kabuki e as lutas de sumô… A dica é ir com calma e tempo para aproveitar o máximo dessa viagem inesquecível, experimentar a hospedagem e dormir à moda japonesa no futon sobre tatami de um ryokan – ou, até, mesmo num hotel-cápsula! – e apreciar os infinitos e maravilhosos tapetes de flores (lavandas, girassóis, papoulas, lírios, sálvias e cosmos) de Hokkaido.

As informações sobre pacotes, preços e tarifas, aqui, contidos são de inteira responsabilidade das empresas e estão sujeitos à alteração sem aviso prévio.

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Quer receber nossa newsletter?

Digite seus dados e fique por dentro de tudo o que acontece no trade