350-018 - C4040-250 - 810-403 - 810-401 - 810-403 - 810-401 - 70-486 - 200-310 - 300-101 - 300-101 - 400-201 - 70-347 - ADM-201 - 300-208 - ADM-201 - 300-208 - EX200 - 400-051 - 70-461 - 400-051 - 70-461 - MB2-707 - 300-070 - 200-120 - 200-120 - 300-320 - 300-115 - 400-101 - 70-346 - 70-346 - 70-480 - 300-075 - 210-060 - SY0-401 - 210-060 - SY0-401 - M70-201 - HP0-S41 - 100-101 - HP0-S41 - 100-101 - MB2-702 - 101 - 70-488 - 101 - 70-488 - MB2-701 - CISSP - 640-554 - 640-554 - AWS-SysOps - N10-006 - CCD-410 - 210-260 - CCD-410 - 210-260 - MB5-705 - 70-483 - 70-486 - 200-310 - 300-101 - 400-201 - 400-201 - 70-347 - ADM-201 - 300-208 - EX200 - EX200 - 400-051 - 70-461 - MB2-707 - 300-070 - 300-070 - 200-120 - 300-320 - 300-115 - 400-101 - 70-346 - 70-480 - 300-075 - 210-060 - SY0-401 - M70-201 - SY0-401 - M70-201 - HP0-S41 - 100-101 - MB2-702 - MB2-702 - 101 - 70-488 - MB2-701 - CISSP - HP0-S41 - 100-101 - MB2-702 - 101 - 70-488 - 640-554 - AWS-SysOps - N10-006 - CCD-410 - 210-260 - MB5-705 - 70-483 - MB2-701 CISSP 640-554 AWS-SysOps N10-006 CCD-410 210-260 MB5-705 70-483
Cidades do litoral paulista querem investir em turismo náutico Cidades do litoral paulista querem investir em turismo náutico

Cidades do litoral paulista querem investir em turismo náutico

Cidades paulista turismo náutico
Post por: 05/07/2017 0 comentários 70 views
Compartilhe com amigos.

Segurança e meio ambiente estão na rota das discussões

Um oceano de possibilidades e muitas ideias a serem postas em prática. Na Baixada Santista, secretários de turismo buscam soluções quanto à infraestrutura e à segurança de visitantes e embarcações, para incentivo do turismo náutico na região. A meta é a criação de um “roteiro náutico” – com atrativos para os amantes do mar – e a geração de mais de mil empregos na atividade.

Mas o potencial do turismo náutico na Baixada Santista não está somente nas belas praias. O lugar também conta com rios que permitem a navegação à beira da Mata Atlântica. No encontro das águas escuras do Rio Preto com as águas cristalinas do Rio Branco, forma-se o Rio Itanhaém, em uma região conhecida como Amazônia Paulista.

Já ao final do mês, deve ser concluído um mapeamento dos pontos críticos de segurança, elaborado em parceria entre os secretários de turismo. O documento será encaminhado à Secretaria Estadual de Turismo e ao Governo do Estado de São Paulo. O objetivo é o emprego de equipamentos, embarcações e, até, armamentos para o patrulhamento de mares e rios locais.

Guarujá e Itanhaém no roteiro náutico

O mercado náutico vem expandindo seus horizontes. Mais de 200 empresas especializadas funcionam na cidade de Guarujá, que já conta com muitas marinas, serviços para embarcações e feiras sobre o tema. O Plano Diretor de Turismo e, ainda, parcerias com a iniciativa privada estão na pauta de trabalhos do município de  Itanhaém para regulamentação, apoio, fiscalização e desenvolvimento do turismo náutico.

Em São Vicente, o assunto foi debatido no 1º Fórum Náutico que aconteceu no início deste ano. As questões giraram em torno de segurança e meio ambiente.

As informações sobre pacotes, preços e tarifas, aqui, contidos são de inteira responsabilidade das empresas e estão sujeitos à alteração sem aviso prévio.

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Quer receber nossa newsletter?

Digite seus dados e fique por dentro de tudo o que acontece no trade