350-018 - C4040-250 - 810-403 - 810-401 - 810-403 - 810-401 - 70-486 - 200-310 - 300-101 - 300-101 - 400-201 - 70-347 - ADM-201 - 300-208 - ADM-201 - 300-208 - EX200 - 400-051 - 70-461 - 400-051 - 70-461 - MB2-707 - 300-070 - 200-120 - 200-120 - 300-320 - 300-115 - 400-101 - 70-346 - 70-346 - 70-480 - 300-075 - 210-060 - SY0-401 - 210-060 - SY0-401 - M70-201 - HP0-S41 - 100-101 - HP0-S41 - 100-101 - MB2-702 - 101 - 70-488 - 101 - 70-488 - MB2-701 - CISSP - 640-554 - 640-554 - AWS-SysOps - N10-006 - CCD-410 - 210-260 - CCD-410 - 210-260 - MB5-705 - 70-483 - 70-486 - 200-310 - 300-101 - 400-201 - 400-201 - 70-347 - ADM-201 - 300-208 - EX200 - EX200 - 400-051 - 70-461 - MB2-707 - 300-070 - 300-070 - 200-120 - 300-320 - 300-115 - 400-101 - 70-346 - 70-480 - 300-075 - 210-060 - SY0-401 - M70-201 - SY0-401 - M70-201 - HP0-S41 - 100-101 - MB2-702 - MB2-702 - 101 - 70-488 - MB2-701 - CISSP - HP0-S41 - 100-101 - MB2-702 - 101 - 70-488 - 640-554 - AWS-SysOps - N10-006 - CCD-410 - 210-260 - MB5-705 - 70-483 - MB2-701 CISSP 640-554 AWS-SysOps N10-006 CCD-410 210-260 MB5-705 70-483
Anvisa só vai liberar certificado de vacinação com comprovação de viagem marcada para exterior Anvisa só vai liberar certificado de vacinação com comprovação de viagem marcada para exterior

Anvisa só vai liberar certificado de vacinação com comprovação de viagem marcada para exterior

Anvisa certificado vacinação
Post por: 17/08/2017 0 comentários 47 views
Compartilhe com amigos.

Panamá, Nicarágua, Venezuela e Cuba são os países que passaram a exigir vacinação contra a febre amarela em 2017

Visando melhorar o atendimento aos cidadãos que, de imediato, precisam do serviço, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa está emitindo o Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia somente para aqueles que comprovem estar com viagem marcada para os países que exigem o documento da vacinação, o qual garante a imunização contra a febre amarela. No site da Anvisa, é possível verificar a lista de países que possuem a exigência para entrada em seus territórios.

As pessoas vacinadas, mas que não tem o certificado, devem comparecer, com o cartão nacional de vacinação e os dados da vacina, a um dos postos de emissão, após agendar o horário. O serviço gratuito é realizado nos Centros de Orientação para a Saúde do Viajante, que funcionam em aeroportos, portos, hospitais, determinados postos do Sistema Único de Saúde (SUS) e nas fronteiras do país. Os que possuem o certificado não precisam renová-lo. Segundo a Organização Mundial de Saúde, uma única dose da vacina – aplicada em postos de saúde – vale por toda a vida.

Os viajantes podem efetuar um pré-cadastro e agilizar o processo. O posto da Anvisa no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro – RIOgaleão solicita o agendamento prévio no sistema.

As informações sobre pacotes, preços e tarifas, aqui, contidos são de inteira responsabilidade das empresas e estão sujeitos à alteração sem aviso prévio.

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Quer receber nossa newsletter?

Digite seus dados e fique por dentro de tudo o que acontece no trade