350-018 - C4040-250 - 810-403 - 810-401 - 810-403 - 810-401 - 70-486 - 200-310 - 300-101 - 300-101 - 400-201 - 70-347 - ADM-201 - 300-208 - ADM-201 - 300-208 - EX200 - 400-051 - 70-461 - 400-051 - 70-461 - MB2-707 - 300-070 - 200-120 - 200-120 - 300-320 - 300-115 - 400-101 - 70-346 - 70-346 - 70-480 - 300-075 - 210-060 - SY0-401 - 210-060 - SY0-401 - M70-201 - HP0-S41 - 100-101 - HP0-S41 - 100-101 - MB2-702 - 101 - 70-488 - 101 - 70-488 - MB2-701 - CISSP - 640-554 - 640-554 - AWS-SysOps - N10-006 - CCD-410 - 210-260 - CCD-410 - 210-260 - MB5-705 - 70-483 - 70-486 - 200-310 - 300-101 - 400-201 - 400-201 - 70-347 - ADM-201 - 300-208 - EX200 - EX200 - 400-051 - 70-461 - MB2-707 - 300-070 - 300-070 - 200-120 - 300-320 - 300-115 - 400-101 - 70-346 - 70-480 - 300-075 - 210-060 - SY0-401 - M70-201 - SY0-401 - M70-201 - HP0-S41 - 100-101 - MB2-702 - MB2-702 - 101 - 70-488 - MB2-701 - CISSP - HP0-S41 - 100-101 - MB2-702 - 101 - 70-488 - 640-554 - AWS-SysOps - N10-006 - CCD-410 - 210-260 - MB5-705 - 70-483 - MB2-701 CISSP 640-554 AWS-SysOps N10-006 CCD-410 210-260 MB5-705 70-483
“Vou de carro” – turistas e motoristas “Vou de carro” – turistas e motoristas

“Vou de carro” – turistas e motoristas

turistas brasileiros carro
Post por: 26/06/2017 0 comentários 118 views
Compartilhe com amigos.

Cresce número de brasileiros que preferem as estradas

Pesquisa da Fundação Getúlio Vargas (FGV) sinaliza novos rumos na estrada, indicando um crescimento de 28% no número de brasileiros que pretendem viajar pelo país – aumento de 47% em relação a 2016.

As regiões mais procuradas são Nordeste e Sudeste. O destino de maior interesse é Salvador /BA, 21,2% dos entrevistados tem intenção de viajar, nos próximos seis meses, para a capital baiana. Belo Horizonte, também, deve receber muitos turistas de carro no segundo semestre, pelo menos esse é o desejo  de 27,9% dos entrevistados. Segundo a pesquisa, dentre os destinos mais procurados, estão ainda Rio de Janeiro/RJ (18,8%) e São Paulo/SP (22,1%).

A maior parte dos turistas deve optar por hotéis e pousadas. Esta é a intenção de 52,7% dos entrevistados contra 36,3% que deverão ficar na casa de parentes ou amigos. Para 11%, a estadia será, por exemplo, em residência própria ou alugada.

A pesquisa da FGV, realizada em maio, em parceria com o Ministério do Turismo, ouviu mais de duas mil famílias em Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. E, embora o crescimento de viagens com automóveis, a conclusão é de que a maioria dos turistas pretendem se deslocar mesmo é de avião (58,9%) – índice 6% maior que do ano passado.

As informações sobre pacotes, preços e tarifas, aqui, contidos são de inteira responsabilidade das empresas e estão sujeitos à alteração sem aviso prévio.

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Quer receber nossa newsletter?

Digite seus dados e fique por dentro de tudo o que acontece no trade