Revista do Turismo – Negócios e Eventos

Rio pode ter metrô ligando o Santos Dumont ao Galeão

O Governo Federal vem cogitando algumas alternativas para tentar convencer as autoridades do Rio a privatizar o Aeroporto Santos Dumont, na região central da Capital Fluminense. O receio de integrantes das gestões municipal e estadual é de que haja um enfraquecimento do Aeroporto Internacional do Galeão, na Ilha do Governador, com a perda de mais voos internacionais.

Uma das opções em pauta, segundo divulgou o jornal O Globo, é a possibilidade de usar os recursos das outorgas dos terminais para a construção de um metrô ligando os dois aeroportos, em um projeto estimado em R$ 5,5 bilhões.

A outra saída seria limitar o crescimento do Santos Dumont para dar tempo de recuperação do aeroporto internacional.

O aeroporto Tom Jobim, privatizado em 2013, nunca atingiu o número de passageiros previsto na concessão e viu voos internacionais migrarem para Guarulhos (SP).

A ideia que vem sendo discutida, é que tanto o Santos Dumont quanto o Galeão tenham autonomia para operar sem que o funcionamento de um prejudique o outro, inclusive, os voos internacionais só seriam liberados depois que o Aeroporto Internacional consiga ter uma atuação sustentável. Com isso, o Rio teria dois terminais para atender a demanda de viagens para outros países.

Para isso, serão realizadas mudanças operacionais no Santos Dumont: o prazo para que o operador do terminal execute a obra que permitirá a obtenção de certificação internacional para aumentar os voos vai subir de três para cinco anos. Dando tempo, que os especialistas consideram necessário para que ambos possam atuar simultaneamente.

Após esses ajustes, a previsão é de que o Santos Dumont amplie os atuais 23 movimentos por hora (pouso e decolagem) para 30 movimentos por hora. Fazendo com que o volume de usuários por ano suba algo em torno de 13 milhões de passageiros.

Segundo a última versão do edital, o Santos Dumont será leiloado em blocos de terminais com lance mínimo de R$ 355 milhões. O investimento total está estimado em R$ 1,3 bilhão. A expectativa é que leilão seja realizado até abril de 2022.

Outro ponto para ser definido será a parte dos recursos a serem pagos pelos concessionários dos dois aeroportos à União a título de outorga poderão ser aplicados na construção do metrô para ligar a área central do Rio (Santos Dumont) à Ilha do Governador (Galeão).

Foto: Rafa Pereira – Diário do Rio
Fonte: diariodorio

Equipe RT

Os comentários estão encerrados.

Instagram