Revista do Turismo – Negócios e Eventos

Empregos no turismo crescem e novembro registra o maior número de contratações do ano

Cerca de 39 mil profissionais foram contratados no período. Todos os estados brasileiros apresentaram alta nas vagas ocupadas no setor

2021 está terminando com números positivos para o turismo brasileiro. Após alta na ocupação hoteleira, aumento do fluxo de passageiros e crescimento do índice de atividades turísticas no país – que alcançou 80% do patamar registrado no início do ano –, a geração de empregos no setor também apresentou evolução expressiva.

Segundo dados da pesquisa Monitora Turismo, baseada no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Previdência, novembro registrou o melhor saldo de empregos formais do ano, com 38.959 novas vagas, o que representa 12% do total de empregos gerados no país. Este número é mais de 17 vezes superior ao registrado em janeiro de 2021, quando foram contratados 2.215 trabalhadores formais no setor, e 58% maior do que o registrado em outubro deste ano (24.599).

“O setor de turismo tem demonstrado recuperação dia após dia, mas agora vemos que a tendência é, cada vez mais, de crescimento. Trabalhamos durante todos esses meses para que este momento chegasse e o nosso objetivo é superar os índices pré-pandemia e alcançar todo o potencial que o nosso setor possui”, ressaltou o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto.

De acordo com a pesquisa, todos os estados brasileiros registraram aumento no número de empregos entre outubro e novembro de 2021, crescimento que se manteve desde o início do ano. O cenário é animador dado que, em 2020, a maior parte dos estados registrou saldo negativo de postos de trabalho.

Entre os estados com maior salto no número de empregos no turismo entre outubro e novembro de 2021 estão Amazonas (+129%), Distrito Federal (+110%), Rio de Janeiro (+107%) e Rondônia (+98%). Já entre as capitais com melhor desempenho na criação de vagas no setor, Belém (+184%), Salvador (+167%) e Vitória (+156%) estão entre os destaques. Além dessas, Brasília, Manaus, Maceió, Porto Velho, Recife e Rio de Janeiro também mais que dobraram o número de postos de trabalho criados.

Para Mariana Aldrigui, autora da pesquisa, “o turismo doméstico de lazer foi o principal responsável pela geração de empregos ao longo do ano, e a reprogramação de eventos sociais e alguns eventos de negócios pelo salto nos últimos dois meses”.

MONITORA TURISMO – O Monitora Turismo é um painel desenvolvido para acompanhar a movimentação da indústria no Brasil. Para isso, são utilizados os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Brasil, contemplando 571 atividades.

Vanessa CastroAssessoria de Comunicação do Ministério do Turismo
Foto: Vitor Jubini/MTur

Equipe RT

Os comentários estão encerrados.

Instagram