350-018 - C4040-250 - 810-403 - 810-401 - 810-403 - 810-401 - 70-486 - 200-310 - 300-101 - 300-101 - 400-201 - 70-347 - ADM-201 - 300-208 - ADM-201 - 300-208 - EX200 - 400-051 - 70-461 - 400-051 - 70-461 - MB2-707 - 300-070 - 200-120 - 200-120 - 300-320 - 300-115 - 400-101 - 70-346 - 70-346 - 70-480 - 300-075 - 210-060 - SY0-401 - 210-060 - SY0-401 - M70-201 - HP0-S41 - 100-101 - HP0-S41 - 100-101 - MB2-702 - 101 - 70-488 - 101 - 70-488 - MB2-701 - CISSP - 640-554 - 640-554 - AWS-SysOps - N10-006 - CCD-410 - 210-260 - CCD-410 - 210-260 - MB5-705 - 70-483 - 70-486 - 200-310 - 300-101 - 400-201 - 400-201 - 70-347 - ADM-201 - 300-208 - EX200 - EX200 - 400-051 - 70-461 - MB2-707 - 300-070 - 300-070 - 200-120 - 300-320 - 300-115 - 400-101 - 70-346 - 70-480 - 300-075 - 210-060 - SY0-401 - M70-201 - SY0-401 - M70-201 - HP0-S41 - 100-101 - MB2-702 - MB2-702 - 101 - 70-488 - MB2-701 - CISSP - HP0-S41 - 100-101 - MB2-702 - 101 - 70-488 - 640-554 - AWS-SysOps - N10-006 - CCD-410 - 210-260 - MB5-705 - 70-483 - MB2-701 CISSP 640-554 AWS-SysOps N10-006 CCD-410 210-260 MB5-705 70-483
Ministério do Turismo Prevê Criação de Dois Milhões de Novos Empregos. - Revista do Turismo Ministério do Turismo Prevê Criação de Dois Milhões de Novos Empregos. - Revista do Turismo

Ministério do Turismo Prevê Criação de Dois Milhões de Novos Empregos.

rj
Post por: 11/04/2018 0 comentários 56 views
Compartilhe com amigos.

O Ministério do Turismo lançou no dia 27/3 o Plano Nacional do Turismo 2018-2022, instrumento que estabelece diretrizes e estratégias para a implementação da Política Nacional de Turismo até 2022, durante a 51ª reunião do Conselho Nacional de Turismo (CNT). O documento traz como metas a criação de novos dois milhões de empregos, o aumento do número de turistas nacionais e internacionais, além da ampliação da receita gerada pelo setor.

”O Plano Nacional do Turismo 2018-2022 foi construído de forma coletiva. Temos em mãos um instrumento que direciona políticas efetivas, orienta os gestores sobre as prioridades do setor e traz metas factíveis para o Brasil se tornar uma potência mundial no mercado de viagens”, afirmou o ministro do Turismo, Marx Beltrão.

A base do PNT 2018-2022 foi construída dentro de Câmara Temática constituída para este fim, no âmbito do Conselho. Estruturada as diretrizes, as áreas técnicas responsáveis por cada tema dentro do MTur trabalharam no desenvolvimento das linhas mestras, iniciativas e estratégias para conquista das metas apresentadas.

Para o coordenador da Câmara Técnica do PNT e presidente da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação, Alexandre Sampaio, o Plano Nacional de Turismo 2018-2022 norteia as ações do setor, dando caminhos e orientações para o Brasil avançar no mercado de viagens. ”O documento foi construído como uma proposta nacional para o setor de turismo, propondo caminhos modernos para alcançarmos, de forma célere, nossos objetivos. É um Plano amplo e propositivo, que pode ser ajustado ao longo dos anos para se adequar à realidade de nosso setor”, disse Sampaio.

O documento traz um panorama do mercado de turismo hoje no Brasil e no mundo, identifica os gargalos e elenca as iniciativas e estratégias prioritárias. Como novidade, o PNT 2018-2022 aborda temas como o incentivo a soluções de segurança pública que envolvam o setor turístico e integrem os planejamentos estaduais e municipais, como uma das estratégias fundamentais para a qualidade da experiência no país; a instituição de uma rede nacional de observatórios de turismo; o fortalecimento do trabalho compartilhado em redes de conhecimento; o estímulo ao desenvolvimento de destinos turísticos inteligentes, com foco na inovação e tecnologias interativas e criativas; e a elaboração de um Plano Integrado de posicionamento da imagem do Brasil.

ESTRUTURA DO PNT 2018-2022 – Com base no diagnóstico do setor, o PNT adota diretrizes voltadas para o fortalecimento da regionalização, melhoria da qualidade e competitividade do setor, passando pelo incentivo à inovação e promoção da sustentabilidade. A partir dessas diretrizes, foram traçadas cinco linhas de atuação que vão nortear a atuação sinérgica entre os entes públicos nas esferas federal, estadual e municipal para o alcance das metas propostas no documento. São elas o Ordenamento, gestão e monitoramento; Estruturação do turismo brasileiro; Formalização e qualificação no turismo; Incentivo ao Turismo Responsável; e Marketing e apoio à comercialização. Foram propostas, também, 17 iniciativas e 44 estratégias que poderão ser adotadas para consecuç&at ilde;o do PNT.

METAS – O novo Plano Nacional de Turismo prevê ampliar, até 2022, o número de empregos gerados pelo setor, passando de 7 milhões para 9 milhões de postos de trabalho. Também foram traçadas metas para o turismo doméstico – com a inserção de 39,7 milhões de brasileiros no mercado consumidor de viagens; aumento no número de turistas internacionais no país, passando de 6,6 milhões para 12 milhões; e da receita advinda desses turistas, saindo dos atuais US$ 6,6 bilhões para US$ 19 bilhões em 2022.

(Fonte: Mtur)

As informações sobre pacotes, preços e tarifas, aqui, contidos são de inteira responsabilidade das empresas e estão sujeitos à alteração sem aviso prévio.

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Quer receber nossa newsletter?

Digite seus dados e fique por dentro de tudo o que acontece no trade