350-018 - C4040-250 - 810-403 - 810-401 - 810-403 - 810-401 - 70-486 - 200-310 - 300-101 - 300-101 - 400-201 - 70-347 - ADM-201 - 300-208 - ADM-201 - 300-208 - EX200 - 400-051 - 70-461 - 400-051 - 70-461 - MB2-707 - 300-070 - 200-120 - 200-120 - 300-320 - 300-115 - 400-101 - 70-346 - 70-346 - 70-480 - 300-075 - 210-060 - SY0-401 - 210-060 - SY0-401 - M70-201 - HP0-S41 - 100-101 - HP0-S41 - 100-101 - MB2-702 - 101 - 70-488 - 101 - 70-488 - MB2-701 - CISSP - 640-554 - 640-554 - AWS-SysOps - N10-006 - CCD-410 - 210-260 - CCD-410 - 210-260 - MB5-705 - 70-483 - 70-486 - 200-310 - 300-101 - 400-201 - 400-201 - 70-347 - ADM-201 - 300-208 - EX200 - EX200 - 400-051 - 70-461 - MB2-707 - 300-070 - 300-070 - 200-120 - 300-320 - 300-115 - 400-101 - 70-346 - 70-480 - 300-075 - 210-060 - SY0-401 - M70-201 - SY0-401 - M70-201 - HP0-S41 - 100-101 - MB2-702 - MB2-702 - 101 - 70-488 - MB2-701 - CISSP - HP0-S41 - 100-101 - MB2-702 - 101 - 70-488 - 640-554 - AWS-SysOps - N10-006 - CCD-410 - 210-260 - MB5-705 - 70-483 - MB2-701 CISSP 640-554 AWS-SysOps N10-006 CCD-410 210-260 MB5-705 70-483
Estado do Rio de Janeiro tem por obrigação honrar sua vocação Estado do Rio de Janeiro tem por obrigação honrar sua vocação

Alfredo Lopes: Estado do Rio de Janeiro tem por obrigação honrar sua vocação

alfredolopesriojaneirohonrarvocacao
Post por: 03/12/2018 0 comentários 57 views
Compartilhe com amigos.

 

“O setor turístico precisa de incentivos do poder público aos empresários que queiram investir em melhorias e novidades, trazendo fomento à economia como um todo.”

 

Alfredo Lopes 

 

O Estado do Rio de Janeiro respira Turismo. O Turismo é o grande responsável pela geração de empregos e por movimentar uma enorme cadeia produtiva. É também uma das atividades econômicas mais comprometidas com responsabilidade social e ambiental, já que o desenvolvimento e a sustentabilidade dos produtos e serviços oferecidos ao turista dependem, intrinsecamente, da preservação do patrimônio natural, da qualificação e da qualidade de vida disponível a esses profissionais.

 

Nos destacamos como um dos principais destinos de turistas nacionais e internacionais, por isso é fundamental que haja ações que contribuam para o crescimento do setor. Temos cinco municípios indutores do Turismo para o estado – Angra dos Reis, Armação de Búzios, Paraty, Petrópolis e Rio de Janeiro, que totalizam 80% das opções de hospedagens do estado. Além das regiões indutoras do turismo há outras que possuem uma variedade diversificada de atrações turísticas que contempla esportes radicais, ecoturismo, turismo rural, rotas cerejeiras, turismo histórico.

 

A Segurança se apresenta como verdadeiro entrave para o desenvolvimento do Rio de Janeiro em diversas áreas, porém a promoção é a nossa grande demanda e prioridade na pauta. Precisamos direcionar esforços e investimentos para a promoção do estado do Rio de Janeiro no Brasil e no mundo, além de criar uma agenda de eventos que possibilitem atrair novos visitantes para os destinos do interior do estado.

 

Em parceria com o empresariado do setor, elaboramos o Plano Integrado de Turismo para o Estado do Rio de Janeiro no quadriênio 2019-2022 para o incremento da atividade turística nos 92 (noventa e dois) municípios que compõem o Estado do Rio de Janeiro, destacando os cinco destinos indutores. O setor turístico precisa de incentivos do poder público aos empresários que queiram investir em melhorias e novidades, trazendo fomento à economia como um todo.

 

Esperamos que a nova gestão traga renovação e coloque definitivamente o Rio de Janeiro na prioridade da pauta do turismo nacional, como é merecido. O Estado do Rio de Janeiro tem por obrigação honrar sua vocação.

 

 

Alfredo Lopes é presidente da ABIH-RJ e do SindHotéis Rio

 

 

As informações sobre pacotes, preços e tarifas, aqui, contidos são de inteira responsabilidade das empresas e estão sujeitos à alteração sem aviso prévio.

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Quer receber nossa newsletter?

Digite seus dados e fique por dentro de tudo o que acontece no trade