350-018 - C4040-250 - 810-403 - 810-401 - 810-403 - 810-401 - 70-486 - 200-310 - 300-101 - 300-101 - 400-201 - 70-347 - ADM-201 - 300-208 - ADM-201 - 300-208 - EX200 - 400-051 - 70-461 - 400-051 - 70-461 - MB2-707 - 300-070 - 200-120 - 200-120 - 300-320 - 300-115 - 400-101 - 70-346 - 70-346 - 70-480 - 300-075 - 210-060 - SY0-401 - 210-060 - SY0-401 - M70-201 - HP0-S41 - 100-101 - HP0-S41 - 100-101 - MB2-702 - 101 - 70-488 - 101 - 70-488 - MB2-701 - CISSP - 640-554 - 640-554 - AWS-SysOps - N10-006 - CCD-410 - 210-260 - CCD-410 - 210-260 - MB5-705 - 70-483 - 70-486 - 200-310 - 300-101 - 400-201 - 400-201 - 70-347 - ADM-201 - 300-208 - EX200 - EX200 - 400-051 - 70-461 - MB2-707 - 300-070 - 300-070 - 200-120 - 300-320 - 300-115 - 400-101 - 70-346 - 70-480 - 300-075 - 210-060 - SY0-401 - M70-201 - SY0-401 - M70-201 - HP0-S41 - 100-101 - MB2-702 - MB2-702 - 101 - 70-488 - MB2-701 - CISSP - HP0-S41 - 100-101 - MB2-702 - 101 - 70-488 - 640-554 - AWS-SysOps - N10-006 - CCD-410 - 210-260 - MB5-705 - 70-483 - MB2-701 CISSP 640-554 AWS-SysOps N10-006 CCD-410 210-260 MB5-705 70-483
brasilmeubrasilbrasileiropresidentelucianobarretoalmundo brasilmeubrasilbrasileiropresidentelucianobarretoalmundo

“Brasil, meu Brasil brasileiro!” por Luciano Barreto da Almundo

lucianobarretopresidentealmundo
Post por: 22/06/2018 0 comentários 60 views
Compartilhe com amigos.

 

Artigo: Luciano Barreto

 

Temos praias, montanhas, arquipélagos e, até, neve no Brasil. Uma imensidão de destinos turísticos para serem explorados pelos próprios brasileiros e por viajantes do mundo todo.

 

Há muitas oportunidades e com a chegada de novos players no país, com uma visão de oferecer ao viajante experiências únicas, podemos, cada vez, atrair a atenção de mais pessoas. Para tanto, precisamos entender as particularidades dos viajantes para, então, desenvolver maneiras mais simples de pesquisas que sejam totalmente customizáveis.

 

É importante lembrar que o turismo representa uma fatia crescente na economia global. Apenas na América Latina, as viagens constituem 9% do PIB. No Brasil, o setor gera sete milhões de empregos, um faturamento de R$ 520 bilhões e proporciona mais de 200 milhões de viagens domésticas.

 

Desse modo, é possível notar que o brasileiro visita e aprecia as belezas de seu próprio país. Esse número tende a crescer, ainda mais, se observarmos a abertura de novas rotas aéreas, pacotes com preços atrativos, aumento do dólar e impulso do ecoturismo e do turismo regional, que vêm oferecendo a muitas pessoas a possibilidade de visitar destinos locais até então desconhecidos, como parques estaduais, serras e pequenas cidades.

 

Segundo o World Travel & Tourism Council (WTTC), o Brasil é o décimo país que mais depende do turismo para o crescimento de seu PIB. Esse dado evidencia ainda mais a necessidade de investimento nesse campo, visto que 94% dessa participação é composta por viagens domésticas.

 

Já os gastos dos brasileiros no exterior cresceram 31%, em 2017, chegando a US$ 19 bilhões, de acordo com o Banco Central. Nesse ponto, a Europa bateu os Estados Unidos como destino favorito: foram 345 mil embarques para o Velho Continente, contra 273 mil para a América do Norte. Por essa razão é tão importante mostrar outras possibilidades que podem, muitas vezes, estar ao nosso lado.

 

Prova disso é o já tradicional ranking anual dos melhores lugares para viajar do jornal The New York Times, que elegeu a Colômbia como o segundo destino mais atrativo do mundo em 2018. O país sul-americano superou, de longe, destinos tradicionais, como Paris, Itália, Espanha e Austrália. Na mesma lista, Chile, Peru, Bolívia e México também tiveram posições de destaque. 

 

Essa realidade mostra como as empresas do setor precisam unir inovação e tecnologia para oferecer serviços exclusivos e que incentivem, cada vez mais, as visitas domésticas e, também, proporcionem aos brasileiros a oportunidade de desbravar novos horizontes.

 

 

Luciano Barreto é Country Manager da Almundo no Brasil, plataforma de viagens multicanal com forte presença na América Latina e operações na Argentina, México, Colômbia e Brasil.

 

As informações sobre pacotes, preços e tarifas, aqui, contidos são de inteira responsabilidade das empresas e estão sujeitos à alteração sem aviso prévio.

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Quer receber nossa newsletter?

Digite seus dados e fique por dentro de tudo o que acontece no trade