350-018 - C4040-250 - 810-403 - 810-401 - 810-403 - 810-401 - 70-486 - 200-310 - 300-101 - 300-101 - 400-201 - 70-347 - ADM-201 - 300-208 - ADM-201 - 300-208 - EX200 - 400-051 - 70-461 - 400-051 - 70-461 - MB2-707 - 300-070 - 200-120 - 200-120 - 300-320 - 300-115 - 400-101 - 70-346 - 70-346 - 70-480 - 300-075 - 210-060 - SY0-401 - 210-060 - SY0-401 - M70-201 - HP0-S41 - 100-101 - HP0-S41 - 100-101 - MB2-702 - 101 - 70-488 - 101 - 70-488 - MB2-701 - CISSP - 640-554 - 640-554 - AWS-SysOps - N10-006 - CCD-410 - 210-260 - CCD-410 - 210-260 - MB5-705 - 70-483 - 70-486 - 200-310 - 300-101 - 400-201 - 400-201 - 70-347 - ADM-201 - 300-208 - EX200 - EX200 - 400-051 - 70-461 - MB2-707 - 300-070 - 300-070 - 200-120 - 300-320 - 300-115 - 400-101 - 70-346 - 70-480 - 300-075 - 210-060 - SY0-401 - M70-201 - SY0-401 - M70-201 - HP0-S41 - 100-101 - MB2-702 - MB2-702 - 101 - 70-488 - MB2-701 - CISSP - HP0-S41 - 100-101 - MB2-702 - 101 - 70-488 - 640-554 - AWS-SysOps - N10-006 - CCD-410 - 210-260 - MB5-705 - 70-483 - MB2-701 CISSP 640-554 AWS-SysOps N10-006 CCD-410 210-260 MB5-705 70-483
Atividade turística e preservação ambiental devem caminhar juntas Atividade turística e preservação ambiental devem caminhar juntas

Atividade turística e preservação ambiental devem caminhar juntas, por Helenio Waddington

heleniowaddingtonatividadeturisticapreservacaoambientaljuntas
Post por: 03/12/2018 0 comentários 44 views
Compartilhe com amigos.

 

Associados da Roteiros de Charme assumem como missão levar adiante o ideal do turismo sustentável

 

Helenio Waddington

 

A parceria da Associação Roteiros de Charme com o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (UNEP) está completando 20 anos em 2018. Esta efeméride revela o pioneirismo da Associação Roteiros de Charme em relação à participação da hotelaria no desenvolvimento sustentável do turismo no Brasil.

Fundada por mim e outros quatro hoteleiros em 1992, sob inspiração da Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente, a Rio 92, a Roteiros de Charme nasceu com a missão de realizar a atividade de bem receber baseada no respeito à natureza e na preservação do meio ambiente. Isso em uma época em que a palavra sustentabilidade ainda não era comum no cotidiano dos hoteleiros do Brasil. 

Seis anos depois da fundação da Roteiros de Charme, em 1998, inquieto em relação à adoção das práticas do turismo sustentável no Brasil, eu tomei a iniciativa de procurar o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (UNEP), em Paris, para pedir apoio com informações que nos orientassem na elaboração de um código de conduta ambiental para implantação nos hotéis associados. 

O Código de Ética e Conduta Ambiental da Roteiros de Charme, desenvolvido em parceria com a UNEP em 1998, representa uma iniciativa pioneira do setor privado no Brasil e hoje é referência mundial. Entendemos como práticas de sustentabilidade todos os aspectos da gestão de um empreendimento hoteleiro que podem ser direcionadas no sentido de diminuir impactos negativos e maximizar benefícios da atividade hoteleira em prol da sustentabilidade do destino turístico.

As orientações não exigem tecnologias avançadas ou mão de obra especializada. Além das práticas de conservação de energia e água, redução e reciclagem de resíduos, gestão responsável de efluentes nas instalações de hotelaria, cada associado da Roteiros assume como missão levar adiante o ideal do turismo sustentável, atuando de forma responsável perante o meio ambiente e o tecido social de suas regiões. Praticamente 100% dos nossos 70 associados estão envolvidos em ações relacionadas ao desenvolvimento do turismo em suas regiões. 

Nas localidades onde há hotéis da Roteiros de Charme, notamos uma completa mudança de postura, tanto dos hotéis associados e seus vizinhos como dos demais hotéis no seu entorno. Sempre que possível os administradores e funcionários, inclusive de outros hotéis, são convidados a participar dos seminários e palestras. Não se trata de um grandioso e custoso programa social, mas ações simples e de grandes resultados, como a diminuição do desperdício e quebra de material, economia de água e energia, reutilização e reciclagem dos resíduos, e encaminhamento às instituições de caridade de materiais que não puderam ser transformadas e aproveitadas pelo hotel. 

Entendemos que atividades turísticas e preservação ambiental devem caminhar juntas. A sustentabilidade é um processo de construção de novos hábitos e valores e a mudança necessária só poderá ir adiante com a adesão maciça de toda a sociedade. A parceria com o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente proporciona, há 20 anos, um canal aberto de apoio técnico e cooperação em prol da disseminação dos princípios da atividade turística sustentável. Temos clareza do papel que nos cabe como empreendedores conscientes das mudanças que o planeta necessita. Por isso, convidamos a todos (hóspedes, empresários e agentes dos diversos segmentos do turismo), a conhecerem de perto as iniciativas dos nossos hotéis em prol da preservação o meio ambiente e da valorização do trabalho de nossas comunidades. O futuro do nosso planeta depende do engajamento de todos.

 

 

Helenio Waddington é presidente da Associação de Hotéis Roteiros de Charme 

 

 

As informações sobre pacotes, preços e tarifas, aqui, contidos são de inteira responsabilidade das empresas e estão sujeitos à alteração sem aviso prévio.

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Quer receber nossa newsletter?

Digite seus dados e fique por dentro de tudo o que acontece no trade