350-018 - C4040-250 - 810-403 - 810-401 - 810-403 - 810-401 - 70-486 - 200-310 - 300-101 - 300-101 - 400-201 - 70-347 - ADM-201 - 300-208 - ADM-201 - 300-208 - EX200 - 400-051 - 70-461 - 400-051 - 70-461 - MB2-707 - 300-070 - 200-120 - 200-120 - 300-320 - 300-115 - 400-101 - 70-346 - 70-346 - 70-480 - 300-075 - 210-060 - SY0-401 - 210-060 - SY0-401 - M70-201 - HP0-S41 - 100-101 - HP0-S41 - 100-101 - MB2-702 - 101 - 70-488 - 101 - 70-488 - MB2-701 - CISSP - 640-554 - 640-554 - AWS-SysOps - N10-006 - CCD-410 - 210-260 - CCD-410 - 210-260 - MB5-705 - 70-483 - 70-486 - 200-310 - 300-101 - 400-201 - 400-201 - 70-347 - ADM-201 - 300-208 - EX200 - EX200 - 400-051 - 70-461 - MB2-707 - 300-070 - 300-070 - 200-120 - 300-320 - 300-115 - 400-101 - 70-346 - 70-480 - 300-075 - 210-060 - SY0-401 - M70-201 - SY0-401 - M70-201 - HP0-S41 - 100-101 - MB2-702 - MB2-702 - 101 - 70-488 - MB2-701 - CISSP - HP0-S41 - 100-101 - MB2-702 - 101 - 70-488 - 640-554 - AWS-SysOps - N10-006 - CCD-410 - 210-260 - MB5-705 - 70-483 - MB2-701 CISSP 640-554 AWS-SysOps N10-006 CCD-410 210-260 MB5-705 70-483
Aplaudido em 1990, “E o samba sambou” volta como enredo da São Clemente - Revista do Turismo Aplaudido em 1990, “E o samba sambou” volta como enredo da São Clemente - Revista do Turismo

Aplaudido em 1990, “E o samba sambou” volta como enredo da São Clemente

sao-clemente-rt
Post por: 10/09/2018 0 comentários 37 views
Compartilhe com amigos.

 

O carnavalesco Jorge Silveira apresenta desfile retrô, mas garante novidades e impacto na festa de 2019

 

Em sua quadra na Cidade Nova, no Centro do Rio de Janeiro, a escola de samba do grupo especial, São Clemente, apresentou ao público, no início do mês, o samba-enredo para o Carnaval 2019.

A obra é uma reedição do samba de 1990, “E o samba sambou”, composto por Helinho 107, Mais Velho, Nino e Chocolate. A festa contou com a presença de parceiros da preta e amarela da Zona Sul, show de Arlindinho Cruz e participação dos passistas da escola.

O presidente da escola, Renato Almeida Gomes, afirmou que o momento do Carnaval é oportuno para a reedição, lembrando que a São Clemente fez um grande carnaval em 1990.

O coreógrafo Júnior Scarpin, que estreará na comissão de frente, contou que está bastante impressionado com a organização da escola. sobre o uso de tripé na comissão de frente, explicou que, por ter sido bailarino, prefere a comissão voltada para a dança, porém não pode abrir mão do uso de tripé, por conta de exigências impostas no evento.

Quanto ao projeto artístico da escola, o carnavalesco Jorge Silveira disse que está completamente ambientado com o desfile que a escola apresentou em 1990 e garantiu ter outras referências para impactar o desfile de 2019.

 

 

 

As informações sobre pacotes, preços e tarifas, aqui, contidos são de inteira responsabilidade das empresas e estão sujeitos à alteração sem aviso prévio.

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Quer receber nossa newsletter?

Digite seus dados e fique por dentro de tudo o que acontece no trade