350-018 - C4040-250 - 810-403 - 810-401 - 810-403 - 810-401 - 70-486 - 200-310 - 300-101 - 300-101 - 400-201 - 70-347 - ADM-201 - 300-208 - ADM-201 - 300-208 - EX200 - 400-051 - 70-461 - 400-051 - 70-461 - MB2-707 - 300-070 - 200-120 - 200-120 - 300-320 - 300-115 - 400-101 - 70-346 - 70-346 - 70-480 - 300-075 - 210-060 - SY0-401 - 210-060 - SY0-401 - M70-201 - HP0-S41 - 100-101 - HP0-S41 - 100-101 - MB2-702 - 101 - 70-488 - 101 - 70-488 - MB2-701 - CISSP - 640-554 - 640-554 - AWS-SysOps - N10-006 - CCD-410 - 210-260 - CCD-410 - 210-260 - MB5-705 - 70-483 - 70-486 - 200-310 - 300-101 - 400-201 - 400-201 - 70-347 - ADM-201 - 300-208 - EX200 - EX200 - 400-051 - 70-461 - MB2-707 - 300-070 - 300-070 - 200-120 - 300-320 - 300-115 - 400-101 - 70-346 - 70-480 - 300-075 - 210-060 - SY0-401 - M70-201 - SY0-401 - M70-201 - HP0-S41 - 100-101 - MB2-702 - MB2-702 - 101 - 70-488 - MB2-701 - CISSP - HP0-S41 - 100-101 - MB2-702 - 101 - 70-488 - 640-554 - AWS-SysOps - N10-006 - CCD-410 - 210-260 - MB5-705 - 70-483 - MB2-701 CISSP 640-554 AWS-SysOps N10-006 CCD-410 210-260 MB5-705 70-483
Cascata de fogos de hotel em Copacabana pode voltar a enfeitar Réveillon do Rio - Revista do Turismo Cascata de fogos de hotel em Copacabana pode voltar a enfeitar Réveillon do Rio - Revista do Turismo

Cascata de fogos de hotel em Copacabana pode voltar a enfeitar Réveillon do Rio

cascatafogos
Post por: 03/09/2018 0 comentários 48 views
Compartilhe com amigos.

 

Riotur está trabalhando pelo retorno da icônica cascata de fogos, que deu seu último espetáculo em 2001

 

Quantos brasileiros e estrangeiros, que participaram da festa carioca do Réveillon, em Copacabana – nas décadas de 1980 e 1990 –, não devem lembra da tradicional e hipnotizante cascata de fogos do hotel Le Meridien?

Os fogos caíam do terraço do hotel, instalado em ponto nobre da praia de Copacabana, formando uma cascata de luzes, um dos momentos mais esperados da celebração do Ano Novo, na cidade. Agora, a Riotur está trabalhando pela volta do icônico espetáculo, que aconteceu nos Réveillons de 1987 a 2001.

Em 2019, a decoração deve vir num formato mais moderno e tecnológico. A cascata seria formada por uma projeção de mapeamento de vídeo (video mapping), linguagem gráfica que através do jogo de luzes e projeções em grandes superfícies, confere ilusões de ótica, novas dimensões e movimento a objetos estáticos. O teste da projeção mapeada foi realizado com sucesso no final de agosto.

Lançando mão da tecnologia, a projeção hiperrealista traria a contagem regressiva e a tradicional cascata à fachada do hotel, hoje administrado pela bandeira Hilton. Segundo a Riotur, a iniciativa possui viés sustentável, em contraponto à queima tradicional, e não é poluente, zerando os riscos de acidentes e incêndios, preocupação de todos e do Corpo de Bombeiros, o que levou à descontinuação da cascata.

“O Réveillon carioca é um dos mais importantes do mundo e traz milhares de turistas ao Rio. Com este projeto queremos resgatar a memória afetiva dos cariocas e dos visitantes que puderam apreciar esse lindo espetáculo. A Riotur está empenhada em oferecer uma experiência única no próximo Réveillon, valorizando a memória, a cultura e a imagem do Rio de Janeiro. Em 2018, tivemos recordes de público na praia de Copacabana e, também, na hotelaria carioca, ambos frutos do planejamento integrado que deu à cidade um calendário estendido no Réveillon, o qual permanecerá sendo aplicado este ano. A cascata é apenas mais um dos presentes que pretendemos dar à cidade, por isso seguimos com a captação de recursos junto à iniciativa privada para custear a festa que o Rio de Janeiro merece”, frisa Marcelo Alves, presidente da Riotur.

 

 

As informações sobre pacotes, preços e tarifas, aqui, contidos são de inteira responsabilidade das empresas e estão sujeitos à alteração sem aviso prévio.

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Quer receber nossa newsletter?

Digite seus dados e fique por dentro de tudo o que acontece no trade